Domesticas em casa e em falta

Segundo a revista Veja existem em São Paulo 632.000 trabalhadores domésticos. O numero caiu de 657.000 em 2006. Uma diminuição de 14%. Segundo a revista a percepção geral das patroas e que faltam profissionais para atuar nas areas de “faxineiras, diaristas, babás, cuidadoras de idosos, cozinheiras, lavadeiras, passadeiras e arrumadeiras.”

Com o fortalecimento da economia brasileira a classe media emergente passa a querer empregar, cada vez mais, pessoal para tomar conta de suas casas. Como aponta a revista: “O bom momento econômico também produz mais patrões. A classe C, que antes era empregada, agora quer contratar.”

Resta perguntar como estas mudanças vão afetar a relação da classe media emergente com seus afazeres do lar. Será que as empregadas domesticas têm uma voz na hora de escolher os produtos utilizados na casa das patroas? Deixamos a pergunta e ouvimos.

Fonte: Domésticas passam a apitar as regras do jogo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s